CAU/BR

Formação

Arquitetos e urbanistas buscam atualização frequente. Um quarto do total possui pós-graduação

A maior parte (66%) possui apenas a graduação e há um grande número de profissionais que realizaram cursos de pós-graduação, 25,49%. Cursos de mestrado e doutorado são menos frequentes, com taxas de 6,8% e 1,2%, respectivamente. Existe ainda uma parte dos arquitetos (7,69%) que possuem diplomas de outras áreas.

Nível de escolaridade

  • Superior Completo - Graduação
  • Superior Completo - Pós-Graduação
  • Superior Completo - Mestrado
  • Superior Completo - PHD
  • Superior Completo - Pós-PHD
Gráfico exibindo os níveis de escolaridade dos arquitetos e urbanistas no Brasil

Outros dados indicam que os arquitetos e urbanistas buscam constantemente aperfeiçoar seus conhecimentos e se mantêm atualizados. A grande maioria (82%) frequenta cursos, seminarios, feiras e eventos afins. É comum arquitetos buscarem informações em revistas especializadas (90%), periódicos acadêmicos (70%) e livros técnicos (82%).

O domínio de ferramentas profissionais também é alto. Dos arquitetos brasileiros, 86% dominam softwares de desenho por computador, e 28% usam bem programas de geoprocessamento. 63% dizem dominar também outros softwares de uso profissonal.

Já no que se refere ao domínio de outro idiomas, quase metade (48%) têm boa fluência em inglês, 33% em espanhol, 9% em francês e 10% em outras línguas, predominantemente o italiano.

Conhecimento de Softwares de Arquitetura e Urbanismo

Gráfico exibindo os níveis de conhecimento de softwares de arquitetura e urbanismo por parte dos profissionais da área