[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=JqVI9jtELbM[/embedyt]

Do mundo para a Vila Matilde, o trajeto de um escritório de arquitetura premiado.

A Casa Maracanã, localizada na Lapa em São Paulo, é o resultado de um projeto arquitetônico eficiente e inovador que foi premiado pela AsBEA (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura) em 2012. Além do reconhecimento da categoria no Brasil, a Casa Maracanã também foi destaque em outros concursos, inclusive fora do país. Mas o que o sucesso dessa edificação do outro lado da cidade teria a ver com a história da dona Dalva?

0188.TerraETuma.CasaVIlaMatilde-PKOK1742

Tudo, afinal os arquitetos que realizaram os dois projetos foram os mesmos. Aí a pergunta que vem à cabeça imediatamente é: como a Dona Dalva, uma diarista com renda familiar modesta, que estava morando numa casa em risco de desabar, conseguiu contratar um escritório de arquitetura premiado e reconhecido fora do país?

0188.TerraETuma.CasaVilaMatilde-PKOK1326P

A resposta é simples e está entre as próprias definições da profissão: arquitetura é a arte de projetar espaços organizados, funcionais e criativos. E foi exatamente isso que o escritório Terra e Tuma fizeram nos dois casos. Não são apenas grandes obras que carecem da participação de arquitetos. Toda pessoa que deseja construir uma edificação com essas características pode e deve consultar um arquiteto. O Marcelo Borges Ramos, filho da Dona Dalva, fez isso, e os arquitetos Danilo Terra, Pedro Tuma e Fernanda Sakano cumpriram seu dever adaptando os objetivos da profissão ao orçamento da Dona Dalva. E o resultado foi outro sucesso.

0188.TerraETuma.CasaVIlaMatilde-PKOK1544H

Talvez a responsabilidade do escritório tenha sido até maior no Caso da Dona Dalva, como podemos perceber nas próprias palavras do arquiteto Danilo Terra: “eles tinham a economia de 30 anos guardada e confiaram no nosso trabalho. Não havia margem para erros”.

0188.TerraETuma.CasaVIlaMatilde-PKOK1776

Arquitetura, na visão deles, não é simplesmente projeto, é obra construída. Mas tampouco obra objeto. Além do projeto da nova casa, os arquitetos ajudaram na escolha de um empreiteiro caprichoso, inclusive na elaboração do contrato firmado com ele e na orientação dos valores e forma de pagamento. Igualmente atuaram no controle dos gastos e momento correto da compra de ferro, cimento, blocos de concreto, caixilhos e outros materiais. E fizeram todo acompanhamento da execução da casa.

Trabalho encerrado e o escritório Terra e Tuma já ganhou outro grande prêmio: a felicidade de uma senhora de 74 anos que teve sua vida transformada pela Arquitetura.